Facebook regressa com novidades. Neste caso, anunciou que vai começar a fornecer informações em detalhe sobre como conseguem algumas das questões mais controversas. Questões actuais e que se perguntam todos os dias nas redes sociais. Por exemplo, a sua utilização como uma ferramenta de recrutamento de terroristas, um problema muito actual e que gera muita insegurança. Ou a função em toda a difusão de noticias falsas. Mesmo como as pessoas podem e devem melhorar a segurança digital, online.

O Vice-presidente de políticas públicas do Facebook, Elliot Schrage, anunciou através do seu blog, que a empresa Facebook vai começar a escrever conteúdos através de artigos para responder ás perguntas. Para explicar algumas das opções ou funcionalidades. E em resposta a perguntas complicadas que os utilizadores questionaram. Especialmente em torno desta rede social, Facebook, tais como mecanismos de segurança cibernética ou corrigir erros. Problemas que ocorrem e preocupam diariamente. A intenção com esta nova acção, é receber mais feedback e assumir mais responsabilidade para os seus utilizadores.

O vice-presidente confirmou que o Facebook vai aceitar sugestões sobre novos temas para escrever. Além disso, vai tentar melhorar todas as suas respostas. Para que tenha uma ar mais profissional, decidiram criar uma conta de e-mail chamada hardquestions@fb.com. Onde os utilizadores podem gerar feedback sobre essas questões difíceis. Disse o Facebook : “Nós acreditamos que ao estarmos mais abertos e responsáveis, somos capazes de cometer menos erros e corrigi-los mais rápido.”

Facebook Infocomputer

Facebook vai oferecer artigos instantâneos

Como seria de esperar, e continuando com a imagem do Facebook, Mark Zuckerberg postou na sua conta pessoal. O que o principal objectivo desta nova acção é “criar mais discussão e ouvir comentários sobre como podemos ter um impacto mais positivo no mundo.”

Esta nova acção têm o nome de Hard Questions. Algumas perguntas a serem geridas são:  a identidade online após a morte de uma pessoa, uma questão que preocupa muitas pessoas. Ou quem determina o que é verdadeiro ou falso nas notícias. Mas como os nativos digitais utilizadores do Facebook, os novos jovens, empreender em novas formas de expressão num ambiente seguro.

No blog do Facebook também será ensinado como usar os dados para o benefício de todos os utilizadores. Explorar se os medias sociais são boas para a política. Ainda dão informações sobre os conteúdos do terrorismo nas redes sociais, e não apenas no Facebook. Mas também maneiras de combatê-lo.

Portanto, temos muito para ver e descobrir ainda dentro da própria rede social. E tudo para o benefício do utilizador, das pessoas.

Facebook Infocomputer