Uma das principais preocupações que surge quando trabalhamos com o computador, é o medo de que alguém possa entrar no PC e aceder a todos os nossos dados e informações sem que percebamos. Portanto , na InfoComputer queremos dar uma ajuda e preparar uma publicação onde vamos mostrar como pode saber se alguém entrou no seu PC. Se este tópico te interessa, toma nota, porque então vamos dar as melhores dicas para testar e vamos dar as melhores medidas para evitar isso . Vamos lá!

 

O que quer ver o intruso?

veja-intruso

A primeira coisa a perguntar a si mesmo é colocar-se na pele do intruso e pensar em que coisas podem estar interessados no seu computador. Pense que ele é um dos melhores, e tome medidas, geralmente, a maioria dos hackers entram nos computadores com a intenção de apagar ou roubar os dados armazenados no PC, ou para instalar um vírus malware que pode pôr em perigo a saúde do seu computador.

Felizmente, a maioria dessas acções deixam uma série de registos, rasto nos processos, sistemas de arquivos ou arquivos de configuração locais que nos permitem saber se alguém entrou ou não.

Verificar os registos

Uma das principais acções que deve fazer é verificar os registos, algo que seja desconhecido, é muito mais simples do que parece. No caso do Windows PC para verificar os registos deve fazer login no Visualizador de eventos, que é dentro do Painel de Controle → Ferramentas Administrativas . Uma vez lá, vê que cada evento tem uma data e hora associado, o que lhe permitem saber se alguém acedeu ao seu computador de forma intrusiva.

Registos de programas

Depois de ter verificado os registos gerais, agora tem de verificar o registo de programas. Com isto queremos dizer verificar o histórico do navegador, opções de pesquisa, cache, etc. Algo também muito eficaz é verificar os registos do router e para isso só tem que aceder ás suas configurações.

Também recomendamos que o faça com uma ferramenta que permite aceder ao DNS, que é o mesmo, que o registo de solicitações de navegação que vem no nosso computador. Se vir um pedido que não tenha sido seu sabe de fato que alguém entrou no seu PC.

Elementos recentes

A opção para exibir itens recentes é muito eficaz nestes casos. Se quiser aceder, tem de inserir na caixa de Pesquisa do comando “run”.  Automaticamente abre-se uma janela onde pode escrever cada um dos comandos que quer executar.

Aqui terás que colocar “Shell: Recente” (sem as aspas) , e podes obter todos os tipos de informações relacionadas com os elementos que tenham sido submetidos a alguma modificação. Assim, se qualquer uma dessas alterações não tiverem sido feitas por si, tudo aponta para que alguém tenha entrando no seu computador.

O antivírus é essencial

Nestas alturas, não pensamos que seja preciso dizer, mas a realidade é que um antivírus é essencial se quiser evitar que alguém aceda ao seu computador. Há momentos em que os intrusos usam sistemas como keyloggers e aplicações de acesso remoto, que são responsáveis pela recolha de dados à medida que passam completamente despercebidos.

Se perceber que o seu computador está com um comportmento estranho ou que executa com mais lentidão do que é normal, pode ter sido infectado com algum tipo de malware. Pode verificar através do Gestor de tarefas, e ver que existem processos em curso. Se encontrar algum desconhecido e não ter sido executado por si mesmo, como diz o ditado: “Cautela nunca é demais”