Vamos ver o que significa a mineração de uma moeda digital

Não vamos entrar em detalhes extremamente técnicos, porque o algoritmo se baseia em funções criptográficas muito complexas. Mas uma vez que termines de ler o artigo, terás uma ideia muito mais clara do QUE É A MINERAÇÃO, compreenderás porque é uma parte fundamental do sistema.

Para entender melhor o que é a mineração, vamos ver a diferença entre o sistema tradicional, representado por bancos e a moeda digital, porque precisamente esta diferença será explicado neste artigo.

Damos um exemplo. Imagine que o João quer enviar dinheiro ao Paulo através de uma transferência bancária regular. João não pode gastar este dinheiro no banco porque já é do Paulo. Ele não pode transferir por exemplo o mesmo dinheiro. Paulo na sua vez confia no banco. Basicamente é o banco que mantém um livro de registo onde são registadas as transações de dinheiro. Ambas as partes confiam no banco.

Mas e o que se passa se o João quer transferir dinheiro ao Paulo sem um banco como intermediário. Quer dizer, os dois têm uma conta, uma conta virtual mas não no banco.

As moedas virtuais também usam um registo público chamado blockchain. Mas quem realiza uma transação de dinheiro se não existe uma autoridade para controlar e realizar as transações.

Nós. Cada computador dentro da rede contam uma cópia do registo.

O que é a mineração. Como se efetuam as transações?

O QUE É A MINERAÇÃO

Quando o João quer enviar dinheiro ao Paulo, a transação se envia a todo o sistema (todos os equipamentos tem um programa especial que mantém um registo público).

Esta transação combina-se com outras transações formando um bloco. Este bloco ainda não se agregou ao registo público. Aqui é onde entra o minerador Usuário (próprio computador) o que resolve uma equação matemática que valida a transação que se adiciona ao registo, que é recompensado com uma moeda digital. Praticamente a mineração implica resolver equações matemáticas muito complexas que validam uma transação.

O primeiro que resolve a equação tem o direito de agregar o bloco ao bloco e receber a recompensa.

Como decidir agregar um bloco ao bloco?

Basicamente trata-se de uma rede onde os equipamentos estão a trabalhar o mais rápido possível para encontrar uma resposta a um problema matemático para receber a moeda digital.

Assim sendo, se queres ganhar, necessitas de um computador rápido ou podes juntar-te aos outros computadores em rede, grupos chamados grupos de mineração. Aí é onde o poder está! Então podes resolver o problema muito mais rápido e ser recompensado. Claro que a recompensa se divide segundo a contribuição de cada computador.

Se compro 10 Gráficas potentes torno-me num milionário?

Não, seguramente não. Ter uma gráfica potente ou entrar num grupo de mineração ganhará mais moedas com o passar do tempo. Nada mais.

Para manter constante o fluxo desta moeda, a dificuldade da mineração aumenta com o número dos mineradores. Porque se essa não fosse a limitação, seria um caos total. Pensa no que se sucederia se tivesses o poder financeiro para comprar muitas gráficas potentes. A quantidade de dinheiro se esgotaria de imediato.

Com o aumento do número dos mineradores a segurança das transações também aumenta, porque mais transações se validam e mais gente verifica.